Você está em: Notícias»Vereadores de Ascurra receberam representantes de professores municipais.

Vereadores de Ascurra receberam representantes de professores municipais.

Vereadores de Ascurra receberam representantes de professores municipais.
Na sessão ordinária da última segunda-feira (04), os vereadores de Ascurra receberam representantes dos professores da Rede Municipal de Ensino que foram até Casa Legislativa para saber sobre o projeto de adequação do piso salarial dos profissionais a Lei Federal. Todos os vereadores ouviram atentamente todos os questionamentos dos educadores. Os parlamentares se comprometeram em realizar todos os esforços dentro dos prazos estabelecidos em regimento, para assim que o Executivo envie projeto a Câmara , seja dado atenção e apoio ao pleito. Ainda foram apresentados 06 Indicações , 01 Requerimento durante a sessão. Também ocorreu apresentação dos extensionistas Tatiane Silva e Sebastião Novak dos trabalhos desenvolvidos pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Epagri Unidade de Ascurra. Resumo da Sessão do dia 04 de abril de 2022 Indicações Nº 48/2022 do Vereador Márcio da Costa, - Que sejam implantadas de duas faixas elevadas para travessia de pedestres na Rua Rodeio, localizada no Bairro São Francisco, uma em frente a Igreja Quadrangular e outra na descida desta via. Justificativa: A implantação da faixa é uma solicitação dos pedestres e moradores que transitam nesta rua que possui um grande fluxo de automóveis em alta velocidade. Nº 49/2022 do Vereador Luiz Carlos Gadotti, - Providenciar o patrolamento e a macadamização da Rua Jacob Dalfovo, localizada no Centro, próximo ao imóvel nº 2066. Justificativa: Solicitação dos moradores desta via pública que necessita de aproximadamente cinco cargas do material. Nº 50/2022 dos Vereadores Algemiro Luciano e Luiz Carlos Gadotti, - que seja feita a recuperação do calçamento e do passeio público, bem como a limpeza das bocas de lobo e roçada das laterais da Rua professor Francisco Stedile, localizada no Bairro Estação. Justificativa: Solicitação dos moradores da via e transeuntes, dada a situação precária em que se encontram as calçadas. Nº 51/2022 dos Vereadores Algemiro Luciano, Luiz Carlos Gadotti, Maicon Possamai e Olindo Tambosi, - proceda com a contratação de um médico, objetivando cobrir as férias dos médicos que atendem nos PSFs – Programa de Saúde da Família, além de dois médicos para suprir o déficit de atendimento no município. Ainda, que o atendimento ginecológico ocorra na totalidade no espaço da Rede Feminina de Combate ao Câncer diante do convênio já firmado entre as entidades, promovendo o melhor e mais adequado atendimento às mulheres do município. Nº 52/2022 do Vereador Maicon Possamai, as seguintes providências na Rua Lúcio Marchi, Bairro Nossa senhora de Lourdes, quais sejam: - fechamento de buraco na pista de rolamento em frente ao imóvel nº 854; - conserto de boca de lobo em frente aos imóveis nº 880, 949; - conserto do desnível no calçamento da pista de rolamento em frente aos imóveis de nsº 891 a 977. Justificativa: solicitação dos moradores que trafegam pela via, com relatos de que automóveis já foram danificados. Nº 53/2022 dos Vereadores Maicon Possamai e Olindo Tambosi, - Que seja feita a repintura da faixa elevada para travessia de pedestres recentemente construída na Rua Gregório Demarchi, Bairro Monte Alegre. Justificativa: a falta desta sinalização visual torna difícil a visualização da faixa de trânsito pelos motoristas. Matéria da Ordem do Dia Requerimento Nº 4/2022 dos Vereadores Acindino Mafra, Algemiro Luciano, Maicon Possamai e Márcio da Costa, 1) Quantos foram os casos de dengue registrados pela Secretaria Municipal de Saúde neste ano?; 2) Quantos foram os casos de óbitos registrados pela Secretaria Municipal de Saúde, cuja causa tenha sido atribuída à dengue, neste ano?; 3) Foram tomadas medidas, em caráter emergencial, para o enfrentamento do problema? Se sim, quais? Detalhar; 4) Outras informações que julgar pertinentes. JUSTIFICATIVA: O avanço dos casos de dengue no município assusta e gera em toda população a sensação de vulnerabilidade da sua saúde. Sabemos que esta evolução tem relação direta com a falta de ações do próprio cidadão, mas não se pode atribuir somente a ele a proliferação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da doença. Cabe ao Município, através de ações eficazes, campanhas de esclarecimento e, principalmente, um enfrentamento rápido da situação para garantir que o problema não se alastre. Portanto, referidas informações são necessárias para que possamos tomar conhecimento e informar a população sobre ações de controle realizadas pela Administração Municipal.


© 2022 - Desenvolvido por Lancer